Piscina, crianças e segurança. Três palavras que devem andar sempre juntas.

Piscina, crianças e segurança. Três palavras que devem andar sempre juntas. - Verano Piscinas - Nosso principal produto é a felicidade 29/12/2018

Piscina, crianças e segurança. Três palavras que devem andar sempre juntas.

Quando o assunto é ter uma piscina em casa a primeira coisa que lhe vem à cabeça com certeza é diversão, certo? Certo. Piscina muitas vezes é sinônimo de felicidade, mas você não pode pensar somente desta maneira, principalmente se tem filhos pequenos ou frequentemente recebe visita de amigos ou familiares com crianças para um final de semana de lazer.

Se você quer evitar correr qualquer tipo de risco, é necessário que além da sua constante supervisão você adote algumas medidas de segurança para diminuir ao máximo as chances de acidentes, principalmente nesta época do ano quando o calor e as férias se aproximam e as crianças procuram cada vez mais por este tipo de lazer. Aliar diversão com segurança não é nem um pouco complicado, por isso, separamos abaixo alguns cuidados básicos para que você tenha um dia de muita brincadeira e tranquilidade com as crianças.

 

Equipamentos e dispositivos de segurança

Acessórios antissucção, cerca, tela ou lona de proteção são alguns dos itens mais importantes para prevenir acidentes, tanto é que o ralo antissucção é obrigatório estar presente em todas as piscinas, sejam elas residenciais ou coletivas, é lei. Já as capas devem sempre estar presente quando a piscina não estiver sendo utilizada para não haver riscos caso você não esteja por perto.

 

Piso antiderrapante

Instalar o modelo correto é outra medida fundamental para evitar escorregões e outros acidentes. Existem diversos modelos de pisos antiderrapantes disponíveis no mercado, cada um com características específicas para áreas internas ou externas, então não esqueça de pensar com cuidado neste item durante a fase final de instalação da sua piscina.

 

Educação é a melhor medida contra acidentes

Crianças podem ficar eufóricas quando se deparam com uma piscina, correr e pular diretamente na água são atitudes bem comuns que podem acontecer, mas você não deve permitir isso. Lembre-se também de dizer que empurrões ou brincadeiras como “caldinho” não devem ser praticadas, há outras opções mais divertidas e seguras para se fazer na hora do banho.

 

Boias não são garantia de segurança

Por mais que você coloque boias de braço nas crianças, estes acessórios não podem ser considerados totalmente seguros. Boias podem escapar ou furar, por isso fique sempre de olho nos pequenos mesmo que saibam nadar.

Lembre-se: a conscientização das crianças e a prevenção através destas medidas são apenas alguns pontos para desfrutar de um banho de piscina seguro e divertido, alie esses cuidados com a sua atenção integral e seus dias serão sempre tranquilos. Se você tiver qualquer outra dúvida sobre segurança, não deixe de nos questionar. Clique aqui para deixar uma mensagem ou acesse nossas redes sociais e entre em contato por lá, combinado? Continue acompanhando nossos posts.