Tratamento de Água

Piscina com água cristalina é sempre uma atração a parte, porém, nem sempre elas estão dessa maneira. Um dos maiores problemas encontrados nas piscinas é a água verde, isso ocorre devido a proliferação de algas que são trazidas com as chuvas e os ventos. Para resolver este probleminha muito comum, é importante você saber algumas coisas antes de conhecer mais sobre os tratamentos de água que existem.

Se você já ouviu falar da sigla pH, ótimo. Caso você não saiba o que é, vamos lhe explicar de forma simples. O pH pode ser definido como a acidez da água da piscina e seu controle é importantíssimo para que ela permaneça com qualidade, serve também para a conservação da piscina e seus equipamentos, já que a acidez pode desgastar seus materiais. Os parâmetros ideias do pH da água da piscina devem ser entre 7,2 e 7,4, um valor bem parecido das nossas lágrimas, justamente para não haver a irritação dos olhos.

Tão importante quanto o pH é a alcalinidade. Essa por sua vez tem uma finalidade especial: manter o pH estável! Simplificando: não adianta corrigir o pH da água se a alcalinidade estiver errada, caso contrário seu trabalho terá sido em vão pois o pH irá se desregular novamente. A alcalinidade deve estar entre 80 e 120 PPM, esses parâmetros são importantes pois caso não estejam ajustados podem causar alguns desconfortos para os banhistas, como pele ressecada, ardência e até irritação dos olhos.

Muitas vezes por um descuido ou desatenção na hora da manutenção da sua piscina, você pode acabar adicionando a quantidade errada de produtos químicos para o tratamento correto da água e isso pode acabar acarretando em alguns problemas não só para sua piscina, mas para qualquer pessoa que possa utilizá-la.

Realizar o tratamento da água sem esses produtos químicos também deixa você livre dos desconfortáveis problemas como irritação nos olhos, cabelos descoloridos e ressecamento da pele, ou seja, é uma ótima alternativa para a manutenção de piscinas.

Atualmente estão disponíveis no mercado diversos kit’s de limpeza que não trazem o cloro em sua fórmula e que também são capazes de eliminar os microorganismos nocivos a nossa saúde sem causar nenhum dano para os banhistas. Além disso são automáticos, práticos e com o tempo compensa muito para seu bolso devido a redução considerável do uso de cloro e de produtos químicos em geral.

Leia mais aqui!

Muitas vezes por um descuido ou desatenção na hora da manutenção da sua piscina, você pode acabar adicionando a quantidade errada de produtos químicos para o tratamento correto da água e isso pode acabar acarretando em
alguns problemas não só para sua piscina, mas para qualquer pessoa que possa utilizá-la.

Realizar o tratamento da água sem esses produtos químicos também deixa você livre dos desconfortáveis problemas como irritação nos olhos, cabelos descoloridos e ressecamento da pele, ou seja, é uma ótima alternativa para a manutenção de piscinas.

Atualmente estão disponíveis no mercado diversos kit’s de limpeza que não trazem o cloro em sua fórmula e que também são capazes de eliminar os microorganismos nocivos a nossa saúde sem causar nenhum dano para os banhistas.

Além disso são automáticos, práticos e com o tempo compensa muito para seu bolso devido a redução considerável do uso de cloro e de produtos químicos em geral.

Leia mais aqui!

Se você é daqueles que passa boa parte do dia fora de casa e não tem muito tempo livre para dedicar um tempo especial na manutenção da sua piscina, o gerador de cloro pode te ajudar nessa tarefa.

Este aparelho tem como principal função a geração de cloro a partir da transformação do sal sem iodo que, ao ser adicionado no gerador, é dissolvido, convertido e distribuído por toda a piscina.O equipamento deve funcionar todos os dias junto com o processo de filtragem da água.

Ele não polui o meio ambiente e não traz nenhum outro risco a saúde. Você pode utilizá-lo sem nenhum receio, pois não causa irritação nos olhos, nem na pele, não altera ou danifica os cabelos e é totalmente livre de odores, além do baixo consumo de energia comparado a outros sistemas.

Outra vantagem é que o aparelho avisa quando será necessário acrescentar mais sal, deixando você livre de preocupações durante o dia a dia.

Para saber mais sobre o Gerador de Cloro automático, clique aqui ou entre em contato com a nossa equipe!

Existem algumas pessoas que possuem alergia ao cloro e utilizar um ozonizador pode ser uma boa solução nestes casos.

Este equipamento realiza o tratamento utilizando como princípio ativo o gás ozônio (O³, componente natural da atmosfera) produzido

automaticamente pelo ozonizador, ao entrar em contato com a água, o ozônio age como bactericida, desodorizante e

descolorante sem deixar nenhum tipo de resíduo e nem alterar as propriedades da água se dosado corretamente.

Vale lembrar que este equipamento garante a descontaminação da água, mas ainda será necessário

produtos para manter o pH e a alcalinidade nos níveis corretos.